28 de outubro de 2009

> Uma reflexão sobre a questão da sucessão (II) - A investidura Reuss-Crowley

por Carlos Raposo
a nuvem de desinformações que lança sombras sobre a pouco conhecida história da Ordo Templi Orientis, tornou-se mote um tanto corriqueiro propalar o “pior homem do mundo”, Aleister Crowley (i.e. Frater Baphomet), como o sucessor direto e legal de Theodor Reuss (i.e. Frater Merlin Peregrinus), fundador e primeiro Chefe Externo da Ordem (ou O.H.O. Outer Head of the Order). Rapidamente, refletir um pouco sobre esta sucessão será o propósito deste post.

Inicialmente, é relevante expor que, no caso da sucessão Reuss-Crowley, boa parte das mencionadas desinformações tem dupla origem. Primeiro, ela vem de ninguém menos do que o próprio Crowley; depois, vem daqueles que por alguma obscura motivação religiosa ainda precisam repetir o que ele disse.

No que diz respeito ao que foi dito por Frater Baphomet, por exemplo, especificamente relacionado a sua posição como líder absoluto da O.T.O., ele declarou abertamente em suas Confessions que em 1922 Reuss (após ter sofrido um ataque cardíaco) haveria meramente desistido da liderança da Ordem em seu favor. Nas suas palavras:


…uma corporação foi fundada sob o nome O.T.O. (Ordo Templi Orientis)… Seu propósito é comunicar em noves graus os segredos, não apenas da maçonaria (com os Ritos de 3º, 7º, 33º, 90º, 97º), mas também da Igreja Católica Gnóstica, dos Martinistas, dos Sat Bhai, dos Rosacruzes, dos Cavaleiros do Espírito Santo e assim por diante, com um décimo grau honorário para distinguir um “Rei Santo e Supremo” da Ordem, situado em cada país onde ela estiver estabelecida. O Chefe desses reis é o O.H.O. (Outer Head of the Order - Chefe Externo da Ordem, ou Frater Superior), que é um autocrata absoluto. Essa posição na ocasião era ocupada por Theodor Reuss, o Rei Santo e Supremo da Alemanha, que em 1922 se demitiu do cargo em meu favor... (Crowley, 1979:700)

Citar as Confessions tem sua razão de ser: ocorre que este livro – que de modo magistralmente cínico foi denominado por Crowley como sua “autohagiografia”(1) – passou a ser a principal fonte a partir da qual alguns grupos que hoje se denominam Ordo Templi Orientis, sobremodo os mais sectários, através da repetição de suas palavras procuram estabelecer que Frater Baphomet já servia como O.H.O. desde 1922, ainda antes da morte do fundador e verdadeiro dono da Ordem, Theodor Reuss.(2) Entretanto, longe da abdicação de Reuss ser verídica, o que ocorre aqui é a precipitada tentativa de Crowley, sem qualquer tipo de comprovação minimamente convincente, de legitimar uma investidura como se esta lhe houvesse sido diretamente outorgada por Reuss. Contudo, como sabido, simplesmente tal sucessão jamais existiu. Ademais, quando se considera os últimos anos de vida de Frater Merlin Peregrinus e sua completa antipatia e aversão tanto em relação à Aleister Crowley quanto à religião thelêmica criada pelo mago inglês, até mesmo a hipótese da citada abdicação soa como algo absurdamente tolo.(3)

O tema soa tão canhestro que nem sequer Karl Germer (1885-1962), fidelíssimo discípulo de Crowley (e seu legítimo herdeiro), acreditava nessa sucessão. Não foi por menos que ele afirmou não haver qualquer documento, carta ou sequer um módico registro nos diários de Crowley que comprovasse a suposta nomeação deste como líder máximo da Ordem (Koenig, 1994:43). Curiosamente, a lápide para o assunto, o esquife que encerra o caso de modo definitivo, vem do próprio Crowley, que findou por admitir por escrito a Heinrich Traenker (1880-1956), líder alemão da O.T.O., que Reuss jamais o havia escolhido como seu sucessor na Ordem (Koenig, 1999:18).(4)

Assim, hoje é praticamente um consenso entre os historiadores aceitar o fato de que Reuss simplesmente faleceu sem apontar qualquer nome para sucedê-lo na função de O.H.O., como líder internacional da sua Ordo Templi Orientis. Outrossim, tentar apresentar ou insinuar Crowley como sucessor legítimo e direto de Reuss, como se este houvesse intencionalmente transmitido seu cargo àquele, é algo considerado tanto primário quanto equivocado, e até mesmo tendencioso, visto ser uma alegação sem qualquer consistência ou sustentação histórica. Deste modo, qualquer afirmação não embasada, cuja pretensão seja sugerir uma nomeação sucessória de Reuss para Crowley (como o fazem Wasserman, 1990:94 e Scriven, 2001a:11)(5) deve ser apreciada com extrema desconfiança. Informações distorcidas de igual jaez, quando examinadas de modo criterioso, revelam, por parte de seus autores, ou um crasso erro histórico ou uma distorção premeditada da realidade.

---///\\\---

NOTAS:

1) Uma hagiografia é a biografia de um alguém considerado santo ou santa por uma religião qualquer. Crowley foi o primeiro autor, e até aqui o único autor, a escrever uma “autobiografia de um homem santo”, ou seja, uma autohagiografia. Aleister Crowley é considerado um homem santo, tanto por ele mesmo quanto pelos seguidores da religião thelêmica.

2) e.g., ver “O.T.O. Under Crowley” – uma versão em português desse texto pode ser lida aqui.

3) Relembrando, dentro desse contexto, no post Uma reflexão sobre a questão da sucessão (I)”, escrevi que “nesse período Reuss passaria a desaprovar completamente qualquer ingerência de Aleister Crowley na sua O.T.O., indo ao extremo de considerar Thelema – a religião fundada por Crowley – uma ideologia nociva e comunista. Assim, Reuss purgaria de sua O.T.O. qualquer menção a Thelema, eliminado da Ordem todos os indícios da religião criada pelo afamado mago inglês. Como comprova a documentação disponível, de fato Reuss chegaria a romper qualquer contato com Crowley, dizendo inclusive que quaisquer ações do inglês não eram mais da conta nem dele e nem da Ordo Templi Orientis”.

4) Não deixa de ser relevante observar que aquilo que Crowley declara em suas Confessions é bem posterior à data da carta enviada a Traenker. Em outras palavras, ao escrever as suas Confissões o “pior homem do mundo” de fato já sabia que Reuss jamais o havia nomeado chefe da Ordem. Dito de modo mais claro, em sua “autohagiografia” Crowley simplesmente mentiu sobre o assunto.

5) James Wasserman e David Scriven são destacados membros da facção da O.T.O. hoje conhecida como “Califado”. Atualmente, Scriven é o líder (Rex Summus Sanctissimus) da Grande Loja para os E.U.A., sob o mote de Sabazius Xº.

BIBLIOGRAFIA

CROWLEY, 1979: The Confessions of Aleister Crowley. Edited by John Symonds and Kenneth Grant. Londres: Arkana.

KOENIG, Peter-Robert. 1994: Materialien zum OTO. München: AWR.
_____. 1999: “Introduction”. In: NAYLOR, Anton R (Ed.). O.T.O. Rituals and Sex Magick. Thame: I-H-O Books; pp. 13-61.

SCRIVEN, David (aka Tau Apiryon). 2001: “History of the Gnostic Catholic Church”. In: CORNELIUS, J. Edward (Ed) e CORNELIUS, Marlene (Ed). Red Flame - A Thelemic Research Journal, nº 2. Berkely: Red Flame Productions, pp 3-15.

WASSERMAN, James (aka Ad Veritatem). 1990: “An Introduction to the History of the OTO”. In: BETA, Hymenaeus (Ed.) The Equinox, Vol. III, nº X. Maine: Samuel Weiser, pp 87-99.

30 comentários:

Frater S.R. disse...

Demorou mas chegou (o novo post!). Apesar desta tomada da Ordem por Crowley, acredito que foi graças ao nome dele que ela se difundiu tanto.

Marone M. Moraes disse...

Excelente texto!

Já no aguardo do próximo post.

Grande abraço,

Marone M. Moraes.
@maronemoraes - twitter

Jonatas Lacerda disse...

Olá Carlos,

Excelente seu texto, para variar (rs).

Não me lembro das referências, mas Crowley tomou a O.T.O. para si, inclusive indo contra os outros chefes da Ordem. Na minha opinião, a Ordem morreu com Reuss, que não nomeou ninguém, porque talvez não fizesse sentido continuar com ela... Mas vai saber o que passava realmente na cabeça desse pessoal... rs

Grande abraço,

Jonatas

a loukura nao tem limite!!! disse...

OLA!!!!! KEM NAO ADORARIA SER O SUCESSOR?? UO KEM SABE UMA SUCESSORA UMA MEDIUN K TEM CONTATOS DIRETOS COM O REI LUCIFER??? AGUARDE NOVIDADES!!!!

Carlos Raposo: disse...

Olá Pessoal!

Agradeço todos os comentários. Vou tentar respondê-los aqui mesmo, ok?

---------------
Frater S.R.

Sim, demorou um pouco, mas o novo post saiu! :-) Vem mais por aqui, é só Aguardar.

Quanto à fama dada por Crowley, vc está certo.

---------------
Marrone;

Obrigado!
Em breve, outras novidades!

---------------

Jonatas!

Tudo certo?
Em breve publicarei um texto sobre a Conferência de Weida, que aborda justamente isso que vc mencionou.

---------------

Olá Loukura!!

Está cheio que gente por aí querendo ser rei de alguma ordem. Afinal, na falta de coisas realmente importantes, preenche-se a vida acalentando a ilusão de ser rei ou rainha disso ou daquilo.

De todo modo, como bem o afirma o pessoal do Black Sabbath "The world is full of Kings and Queens
who blind your eyes and steal your dreams - It's Heaven and Hell"

Abraço a todos.

Carlos Raposo

Camila disse...

Muito interessante, este nome me tras recordações de algo que não sei definir.Mas nos meus estudos numerológico a ordem relamente é de 1 a 9.E o problema realmente é o nove que ja o diz, nó.O nove é o anjo que se ergueu aquele que se rebaixou tanto que virou tapete mas um dia ao se rebelar contra tantos se ergur com dificuldade mas pasando a ser um ser melhor.

Anônimo disse...

E uma grande besteira este papo de que Crowley foi o pior homem do mundo,ele era assassino?persegui os judeus?enganou o imposto de renda?que ele fez pra ser o pior homem do mundo,nao sei de onde tiram isto.
Talvez o pior homem do mundo tenha sido Hitler,mas quem escreve a historia sao os vencedores,mas se falando em maldade sem necessidade talvez seja ele.
sds
ric

Jonatas Lacerda disse...

Crowley foi o pior homem do mundo quando se diz respeito a enganação. Ele sozinho conseguiu enganar muitos tolos com sua Verdadeira Vontade.

Abs.,

P.S.: Carlos, preciso conversar com vc quanto a um projeto.

Jonatas Lacerda

Carlos Raposo: disse...

Respondendo ao pessoal:

Olá Camila!

Sua mensagem é muito complexa para minha mente pragmática. Que tal vc tentar novamente, heim?

---------------

Olá Ric:

Eu também acho esse negócio de "pior homem do mundo" uma bobagem.

Agora, pior do que isso é quando vc encontra pessoas que o consideram o "melhor homem do mundo". Aí é de lascar...

Mas há uma história interessante relacionada a isso de "pior homem do mundo". Caso tenha interesse, acompanhe o blog porque qualuer dia desses eu explico.

Abraços.

---------------

Prezado Jonatas;

É só me escrever para conversarmos.

Grande abraço.

Carlos Raposo

LM disse...

Quanto mais leio sobre Crowley, mais sou propenso a considerá-lo um "ególatra" de marca maior - a despeito de toda "máscara" e "abismos" que se costuma atribuir a sua produção, para separação do jôio e do trigo daqueles que trilham a dita "senda".

Homens que direcionam toda sua energia com o "fim supremo" de perpetuar seu nome na História humana estão na casa do milhar (excetuando os que conseguiram, é claro).

O nome disso, para mim, não é Verdadeira Vontade (se é que isso pode ser levado a sério), é culto à personalidade - e se fazer cultar.

Elucidativo, Carlos Raposo.
Ou não....

Abraço.

Yumejin disse...

Olá Carlos,

Achei que você tinha desistido desse blog. Bom saber que esse não é o caso.

De qualquer forma, acho que com todos esses posts você já estabeleceu claramente a falta completa de sucessão real na OTO. O que vier agora é lucro. =)

Se você estiver no espírito, um dia, talvez você possa pesquisar sobre outras ordens com histórias nebulosas, como a famosa AMORC.

Anônimo disse...

Meua caros amigos,
penso que não podemos crucificar Crowley, afinal deve-se a ele algum esforçopara continuar com a Ordem...
Penso que já Fernando Pessoa era da mesma opinião.

Um abraço a todos!

Sorath disse...

Este blog está cada vez mais interessante, de fato.

No entanto seria bem interessante saber um pouco mais sobre a historia de uma das referencias que tanto usa neste blog, a "personagem" Peter Koenig. Ele foi membro da Ordo Templi Orientis? ainda é?... saiu?... porque motivos?

... e o senhor Carlos Raposo? Que evento o levou a sair da O.T.O.? e porque é tão preocupado em escrever sobre essa Ordem, quanto concerteza haverá assuntos muito mais interessante para explorar dentro da Maçonaria à qual pertence?

Um abraço e parabéns por tão interessante blog, ficamos todos à espera da continuação.

Carlos Raposo: disse...

Olá pessoal;

Mais uma vez agradeço todos os comentários e todas as sugestões deixadas por aqui!!!

Grande abraço a todos.

Carlos Raposo
http://carlosraposo.wordpress.com

Carlos Raposo: disse...

Prezado Sorath;

Obrigado por sua importante presença aqui nos comentários. São pessoas como vc, leitores e leitoras assíduos, que têm dado tanta visibilidade a este blog. Valeu!

Sou grato também por seus questionamentos, pois eles me dão uma ótima oportunidade para falar algo mais a respeito desse tema. Respondendo-os, inicialmente vale dizer que como fiz parte de alguns grupos que se apresentam (ou se apresentavam) sob a denominação O.T.O., para responder melhor sua pergunta seria necessário especificar qual deles vc se refere. Contudo, de modo bem geral, posso lhe adiantar que foi da religião thelêmica que eu me afastei. Sendo assim, não havia sentido nenhum eu permanecer nas ordens que professam essa religião. Consequentemente, saí de todas elas, inclusive das "OTOs".

A Maçonaria de fato é uma Ordem muito interessante. Mas já existem centenas de escritores produzindo farto material de qualidade a respeito dela, de modo que se eu fosse escrever sobre Maçonaria, meu Orobas seria apenas "mais um blog sobre Maçonaria". Já no que diz resepito a O.T.O., como aqui no Brasil praticamente ninguém a conhece (inclusive os membros de suas facções, pouco a conhecem), achei melhor reservar este espaço para apresentar algum material historicamente seguro e coerente sobre esta ordem. A considerar pelo número de visitantes e de comentários por aqui deixados, parece que acertei em cheio quanto a escolha! :-)

Sobre o Koenig, melhor seria se vc perguntasse a ele, correto?

Agradeço também suas palavras de elogio. Continue a acompanhar o Orobas e qualquer dúvida mais específica, é só me escrever em particular.

Abraços.

Carlos Raposo
http://carlosraposo.wordpress.com

Sorath disse...

Caro Carlos,
Muito obrigado pela sua resposta.

Já agora, como podem os leitores ter acesso às cartas de Crowley que menciona no texto acima?

Obrigado,
Um abraço.
Sorath

Carlos Raposo: disse...

Sorath;

O material usado como fonte para os artigos se encontra relacionado na "bibliografia". A carta, por exemplo, está no livro Materialien zum OTO.

Abraços.

Carlos Raposo
http://carlosraposo.wordpress.com

Ptah Dois disse...

Caro Senhor,

aquí está um excelente Blog Informativo!

Parabéns

Um Abraço
Ptah

Ícaro disse...

Nobre Carlos,

Parabéns pelo novo post, continua com um conteúdo erudito e factual.

No aguardo pelo novo post.


Abraços.

Anônimo disse...

Alguns terminam outros iniciam.

Quem quiser material e informações pra ajudar ou iniciar na jornada.

http://www.magick93.blogspot.com/

Otimo Blog Carlos, abraços!

Anônimo disse...

Saudações, Sr. Raposo:

Parabéns pelo blog.
Gostaria de uma ajuda. Criei uma conta no Pobox básico, mas não descobri como faço para configurar o IMAP para receber emails no Outlook Express. Pode me ajudar?
Muito agradecido.

Meu email é psicovoro@gmail.com

P

Anônimo disse...

parabens pelo blog, muito legal

Anônimo disse...

parabens pelo blog, muito legal

FRATER NASHAR disse...

Suas informações a respeito da OTO são historicamente isentas. Não são tendenciosas de nenhuma forma.
É um dos poucos sites na Web que apresenta informações corretas sobre a OTO e seus criadores.

Gostaria de lhe enviar a cópia da Carta Constitutiva que Theodor Reuss outorgou a Rudolph Steiner, para o Rito de Memphis-Misraim. Este documento foi disponibilizado há muito tempo no site ja extinto da "Academia Masonica Borealis", e comprova que Steiner recebeu autoridade para os Ritos de Memphis-Misraim e não para a OTO como muitos pensam.

Me envie o seu e-mail, por favor.

Anônimo disse...

Post interessante neste sítio, textos como aqui está realção aos que aparecer neste blog .....
Escreve muito mais do teu web site, aos teus visitantes.

Anônimo disse...

Discussão palpitante neste local, textos como aqui vemos dão brilho aos que observar neste sítio :/
Entrega mair quantidade do teu espaço, a todos os teus seguidores.

Anônimo disse...

Tudo Bem? interessante este blogue parece bem posicionado.........bom estilo:)
Muito agradável faz mais posts assim !!

Anônimo disse...

Oi foi a 3ª vez que li o teu blog e gostei muito!Espectacular Trabalho!
Cumps

Anônimo disse...

http://mobground.net/category/mob-ground/magia-e-ocultismo/

gostaria de saber se esse blog é confiável ou se há mais "potocas"(mentiras) do que verdades, e o que é verdade e o que é mentira.

Carlos Raposo: disse...

Olá Anônimo;

Este blog é apenas resultado da pesquisa que empreendi sobre a história da O.T.O.

Quanto a ser ou não confiável, pesquise vc também e obtenha sua resposta. Sugiro que me conheça um pouco. Para tal, basta ler a entrevista que concedi ao Espaço Novo Aeon, no link

http://www.thelema.com.br/espaco-novo-aeon/thelemitas/entrevista-com-carlos-raposo/

Abraços

Carlos Raposo